Ser preso na Bahia no Século XIX

Cláudia Moraes Trindade

De: R$ 52,00
Por: R$ 36,40

Sinopse

Resultante de pesquisa primorosa em arquivos, este livro apresenta uma metodologia inovadora, com interpretações sólidas, interação com a bibliografia nacional e internacional, além de grande fluência narrativa. É um trabalho em História Social do melhor nível, no qual os aspectos legal e institucional estão presentes, porém o que sobressai é a reconstrução da experiência individual e coletiva dos personagens que povoam o mundo da prisão, e não somente dos presos, no interior do qual constroem uma lógica societária e cultural própria, embora não isolada, pois as grades que separam esse universo daquele que existe do lado de fora são abertas pela historiadora para demonstrar que cárcere e sociedade estão um dentro do outro, irremediavelmente.

Um dos pontos fortes da história aqui contada é a oportunidade que os presos têm de falar sobre a vida carcerária por meio de cartas e petições às autoridades, um tipo de fonte raramente disponível. Dessa forma, às características sociológicas discutidas para o conjunto das populações carcerárias, a autora soma a voz do indivíduo e traça interessantes trajetórias de vida, que resultam numa história mais humana, às vezes tragicamente humana. Num Brasil em que a vida carcerária é um rosário de tragédias em série, esta obra esclarecedora sobre o nascimento da prisão moderna entre nós deverá servir, de alguma maneira, para entender o presente e ajudar a transformá-lo positiva mente.

JOÃO JOSÉ REIS

Área:
História
Coleção:
Origem
ISBN:
9788542302462
Ano | Edição:
2018 | 1ª
Páginas:
367
Editora:
UFMG
Dimensão:
20 x 2 x 14 cm
Peso:
452 g

Editora da Universidade Federal de Minas Gerais

Receba nossas promoções em seu e-mail!